NOTÍCIAS

Contratações do FCO no primeiro trimestre aumentam 146%, diz União

Data: 20/04/2017

O volume de recursos do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste) contratado no primeiro trimestre de 2017 é 146,9% maior em comparação ao mesmo período do ano passado. Somente em Mato Grosso do Sul foram disponibilizados R$ 2,33 bilhões para serem repartidos entre as modalidades empresarial e rural.

Em 2016, o estado não conseguiu contratar o R$ 1,360 bilhão disponível e restaram R$ 400 milhões.

Foram adotadas então uma série de medidas que garantiram melhores condições de investimento e atraíram os empresários. As ações envolvem estratégias de desburocratização e facilidades para os projetos inscritos.

Além disso, o limite para financiamentos aumentou 33%, passando de R$ 300 milhões para R$ 400 milhões. Outra importante medida diz respeito às propostas no valor de até R$ 1 milhão. Os projetos que se enquadram nessa faixa passaram a ter as cartas consultas automaticamente aprovadas.

Desde o fim do ano passado, a pasta tem autorizado também o uso dos recursos do FCO para capital de giro destinado a gastos gerais de administrativos, como aluguel, folha de pagamento, despesas com água, energia e telefone. Até então, o dinheiro só podia ser usado na aquisição de insumos, matéria-prima e formação de estoque.

Também sofreram alteração o repasse de recursos a cooperativas de crédito, que em 2016 foi de 7% para 10%. A medida facilitou o acesso do fundo aos agricultores familiares, pequenos produtores rurais, empreendedores individuais, micro e pequenas empresas.

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, afirma que em três meses já foram usados 12,2% da oferta de crédito. Historicamente, as adesões crescem no segundo semestre, logo ele espera que os resultados de 2017 sejam melhores.

Fonte: Campo Grande News

tags: FCO, Centro Oeste, MS, recursos, empréstimos


<< Voltar