NOTÍCIAS

Dia das Crianças injetará R$ 130 milhões em MS

Data: 10/10/2018

Pesquisa do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento Fecomércio-MS (IPF-MS) e do Sebrae-MS, aponta que o Dia das Crianças, comemorado em 12 de outubro, deve injetar R$ 130 milhões na economia de Mato Grosso do Sul, desses, R$89,52 milhões em presentes e R$ 40,67 milhões em comemorações. O crescimento em relação a 2017, é de 4,31% para movimentação com presentes e 1,71% para as comemorações.

“Embora tenhamos percebido ligeira retração no percentual de pessoas que presentearão e que farão comemorações, os gastos médios aumentaram resultando em uma projeção de movimentação econômica maior.  Muitos indicadores econômicos ainda estão aquém do esperado, mas melhoraram significativamente. De modo que indicadores como a inadimplência reduziu, a evolução do emprego (diferença entre admissões e demissões) e as pretensões de contratação aumentaram”, explica o presidente do IPF-MS, Edison Araújo.

Em relação ao valor do presente, o aumento médio foi de 7,78% comparado a 2017 e desta vez será R$ 138,68. Já o gasto médio com a comemoração está 4,89% maior e alcançou R$124,22.

Os presentes preferidos pelos compradores serão brinquedos (44,62%), roupas (29,52%) e calçados (9,09%). As compras ocorrerão na semana do evento (73,05%), em lojas do centro (79,39%), utilizando o dinheiro como forma de pagamento (70,60%). Os principais critérios considerados pelo cliente serão: preço (29,49%), produto (29,28%) e o atendimento (24,24%). “Entender essa dinâmica é fundamental para que o empresário atenda às expectativas dos consumidores”, alerta Edison Araújo.

A pesquisa revelou, ainda, que mesmo com as obras do Reviva Campo Grande, praticamente não houve alterações nas pretensões de compra na região central, apontada como preferência para compras por 79,31%.

Os maiores gastos médios com presentes tenderão a ocorrer em Chapadão do Sul (R$164,18), Nova Andradina (R$157,87) e em Aquidauana/Anastácio (R$152,05). Já no que diz respeito às comemorações, Ponta Porã (R$145,83), Dourados (R$142,95) e Campo Grande (R$140,39).

A pesquisa aplicou 2.546 questionários em 15 munícipios de Mato Grosso do Sul, de 13 de agosto a 3 de setembro, considerando 95% de nível de confiança e margem de erro de 5% a 8%.

Fonte: Diário Digital

tags: dia-das-crianças, presentes, economia