NOTÍCIAS

PIB de Mato Grosso do Sul será o 3º maior, aponta estudo

Data: 15/09/2017

 

Com crescimento acima da média nacional e bom desempenho na agropecuária, indústria e serviços, Mato Grosso do Sul tem chances de alcançar o terceiro maior PIB (Produto Interno Bruto) do país em 2017, ficando atrás apenas de Mato Grosso e Maranhão. As informações fazem parte do estudo “Mapa da Recuperação Econômica”, realizado pelo banco Santander e divulgado pelo “Valor Econômico”. Segundo a pesquisa, o PIB do Estado deve ficar em 2,4% neste ano.


Entre os setores analisados, a agropecuária se destaca com crescimento de 8,3% no ano. Já indústria e serviços apresentam alta de 1% e 1,5%, respectivamente. No que se refere ao setor de serviços de Mato Grosso do Sul, o desempenho percentual é o maior do país e está relacionado ao crescimento do mercado de trabalho, conforme assinalam os economistas responsáveis pela projeção do PIB nacional.


“Esse equilíbrio está muito na linha do que a gente quer para Mato Grosso do Sul, que é o desenvolvimento sustentável. E essa projeção sinaliza que o governo está conseguindo fazer o que se propõe, que é o crescimento de todas as atividades dentro do Estado”, diz o secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck.


Realizado por economistas do banco, o levantamento comprova que, após o longo período de recessão, a economia brasileira sinaliza melhoras. O agronegócio se mantém como o principal responsável pela retomada do PIB nacional e o Centro-Oeste ganha destaque em razão do crescimento nesse setor. O estudo mostra que, quanto mais intimamente ligado ao campo, maior deve ser a alta do PIB estadual.


Logo, unidades da Federação onde o peso do agronegócio é menor tendem a exibir os piores resultados, como é o caso de Pernambuco (-0,6%) e Rio de Janeiro (-1,4%). Ao todo, conforme o levantamento, 20 Estados deverão ter PIB positivo este ano, ao passo que outros seis, além do Distrito Federal, tendem a registrar queda, sendo que a maior retração deve ocorrer no Rio de Janeiro.


Entre os dez Estados com maior projeção de crescimento estão Mato Grosso (5,1%), Maranhão (3,1%), Mato Grosso do Sul (2,4%), Goiás (2,2%), Santa Catarina (2%), Tocantins (1,9%), Piauí (1,7%), Paraná (1,7%), Rio Grande do Sul (1,5%) e Rondônia (1,4%).

Rauster Campitelli

Fonte: http://www.oe10.com.br/noticia/6088/pib_de_mato_grosso_do_sul_sera_o_3a_maior_aponta_estudo